Diferenças entre contratação CLT Full, CLT Flex, CLT Cotas e PJ

April 21, 2017

Há muitos itens que precisam ser analisados com cuidado ao se candidatar para uma vaga de emprego. Dentre eles é importante entender qual a forma de contratação que a empresa contratante está lhe oferecendo.

 

A forma de contratação está diretamente ligada com o salário liquido que o profissional irá receber todo mês, além da estabilidade de emprego.

Vejamos abaixo cada ponto dentre os modelos de contração, bem como suas vantagens e desvantagens:

 

Modelo CLT Full

Conhecido por muitos apenas como CLT essa é a forma de contratação mais tradicional entre as empresas. Podemos, logo de início, afirmar que se você é um profissional com perfil conservador e que busca estabilidade em primeiro lugar na sua carreira, então essa, de longe, é a forma de contratação que recomendamos para você.

Como CLT, o profissional terá sua carteira de trabalho assinada pelo empregador e estará coberto pelas leis vigentes da CLT, que lhe dará direito a 30 dias de férias anuais remuneradas, 13° salário, participação nos lucros, multa de 40% calculada sobre o FGTS em caso de rescisão de contrato, vale transporte, vale refeição, convênio médico para titular e dependentes, além de todos os meses, o seu empregador, recolher o INSS que será a base de cálculo e garantia para a futura aposentadoria do contribuinte.

 

Modelo CLT Flex

Esse modelo de contração é regido por todas as leis e benefícios mencionados acima, porém com a diferença de que o funcionário terá parte do seu salário registrado na carteira de trabalho e a outra parte será pago por fora.

Existem vantagens e desvantagens nesse modelo pois apesar de alguns impostos incindirem apenas sobre o valor que está registrado em carteira e os descontos serem menores, os benefícios também serão proporcionais ao salário que está em carteira. Ou seja se o profissional, por exemplo, recebe R$1.000,00 registrados em carteira e R$2.000,00 Flex, ele recebe um total de R$3.000,00 porém seu 13° salário será em cima dos R$1.000,00 que estão registrados na carteira. Isso se aplica para tudo, como multa por rescisão contratual, valor e base de calculo para aposentadoria, entre outros.

 

Modelo CLT Cotas

Nessa categoria o funcionário é registrado geralmente com 30% do seu salário na carteira de trabalho e os outros 70% são pagos como benefícios ou como propriedade intelectual sobre os seus serviços.

No caso da primeira opção que paga como benefícios, o funcionário não recebe esse valor em dinheiro. Ele deve apresentar nota fiscal de tudo que comprou para a empresa e essa irá justificar o valor de benefícios em cima desses gastos.

Essa modalidade é bem parecida com o Flex porém com algumas particularidades, conforme mencionadas acima.

 

Modelo PJ

PJ é a abreviação dada para a forma de contratação como Pessoa Jurídica. Nesse modelo o Empregador ou a Empresa não se responsabiliza por nada no que diz respeito ao Contratado. Simplesmente a Empresa paga um valor mensal pelos serviços prestados e recebe uma nota fiscal comprovando que ela pagou por um serviço de outra Empresa.

Esse tipo de contratação é adequado para profissionais que estão visando, em primeiro lugar, ganhar mais dinheiro e não se importa muito com a estabilidade.

Porque dizemos: "Não se importa muito com a estabilidade" ?

Analise você qual é a probabilidade de uma empresa que possuí um vinculo CLT com um profissional demiti-lo? Com certeza isso somente acontecerá se a mesma estiver passando por grandes dificuldades financeiras ou se o funcionário estiver apresentando problemas comportamentais que afetam o rendimento das suas atividades ou das atividades dos demais.
Demitir um profissional CLT Full significa desembolsar uma multa de 40% em cima do valor que ele possui de FGTS, além de pagar férias antecipadas e benefícios como 13° salário proporcional e participação nos lucros.

Quanto maior o grau de vinculo, mais a empresa irá pensar para demitir esse profissional. Dessa maneira, note que todos os CLT's tem uma certa estabilidade porém é mais barato, para a empresa, demitir um CLT Cotas ou Flex do que um CLT Full.

No caso do PJ, não é nem questão de demitir, e sim apenas uma quebra ou não renovação do contrato. Não custa absolutamente nada, em termos financeiros, para uma empresa demitir um profissional PJ.


Qual é então o valor de um PJ e o que faz ele permanecer em uma empresa por mais tempo?

O valor de um profissional PJ está no conhecimento que ele agrega para a empresa e como ele pode colaborar na redução de custos ou aumento de receita.

Um PJ sempre será visto como alguém que está lá porque traz resultados para a empresa, pois caso contrario já o teriam "demitido".

Normalmente as Empresas mantem um padrão de renovação de contrato anual. Assim o profissional PJ tem, todos os anos, a sensação de vestir a camisa da Empresa e mostrar porque está lá mais um ano.

Esse profissional costuma receber uma remuneração bem acima do que seria pago, caso ele fosse CLT, pois a empresa está livre de diversos impostos que pagam para ter um profissional CLT e sendo assim ela pode reverter esse valor para o salário do profissional PJ.

O profissional PJ não recebe nenhum benefício do empregador e precisa ele mesmo contratar um plano de saúde, seguro de vida e até mesmo recolher seu INSS. Além disso o profissional irá pagar um imposto sobre a emissão de cada nota fiscal, que pode variar de acordo com a categoria da empresa e o município onde está exercendo as atividades.

Muitos profissionais se iludem com os salários de PJ sem realizar esses cálculos e depois acabam frustrados por perceber que estão recebendo menos do que gostariam.

 

Tudo é uma questão de calcular e escolher de acordo com o perfil de cada um, pois todas essas formas de contratação que mencionamos acima são legalizadas e cabe a você decidir qual melhor se enquadra na sua situação atual.

Esperamos que tenham gostado da matéria e que essas informações possam auxiliá-lo na escolha do seu próximo emprego.

 

Inscreva-se em nosso site e receba semanalmente nossas dicas além de materiais gratuitos para auxilia-lo na construção da sua carreira dentro da TI.

 

Não se preocupe!

Nós também não gostamos de span e por isso respeitamos a caixa de entrada de nossos leitores, enviando apenas conteúdos brilhantes para alavancar a sua carreia.

 

Leia também: Excel do Futuro

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Em Destaque

Elaborando uma Matriz de Competências

April 29, 2019

1/9
Please reload

Posts Recentes

September 1, 2017

Please reload

Buscar porTags
Siga-nos
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Classic
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now